4 1 4

ASENTAMIENTO LO DE RAMOS

Villa de Arafo Villa de Arafo
- Etnografía. Alquería -




Localizadas ao sul do centro urbano de Arafo, em um setor de medianas conhecido como 'Costilla ' e cerca de 650 metros acima do nível do mar, existem as ruínas da antiga fazenda agustina de 'Lo de Ramos '.

Localizada em uma encosta que forma um enclave agrícola cuja origem está ligada ao assentamento de uma comunidade de frades agostinianos, que no passado cultivaram graças à organização dos terraços com terraços e paredes de pedra secas. Sendo parcialmente afetado pela erupção do vulcão Las Arenas ou do vulcão Arafo, em 1705, cuja amostra pode ser vista como uma das lavagens básicas localizadas dentro do complexo.

Este assentamento agostiniano tem sua origem após a conquista de Tenerife por Adelantado Fern ndez de Lugo, que em 10 de julho de 1503 concedeu uma importante data de água e terra ao conquistador D. Gonzalo Mej como de Figueroa. Em 1509, a adjudicação desses dados foi confirmada pelo reformador Lcdo. Don Lope de Sosa. Mas logo depois, em 31 de julho do mesmo ano e antes do notário público Don Ant n Vallejo, esse beneficiário proferiu essas palavras nascentes, com as terras em que fluíam, ao convento agostiniano do Espírito Santo de La Laguna, que a partir de então, sendo o principal proprietário do local, situação que permaneceu por vários séculos.

Os agostinianos canalizaram as águas da fonte de 'A avingo ' e colocaram a terra de Arafo em exploração. Esses frades transmitiram aos Araferos o conhecimento necessário para cultivar a videira, ao mesmo tempo em que cultivavam cereais, hortaliças e árvores frutíferas; destacando entre eles as castas eros, laranjeiras, pereiras, amendoeiras, pêssegos e figueiras, que transformaram o Arafo em um vergel autêntico, porque como não havia tantas pragas, os frutos eram abundantes, bonitos e saudáveis.

Os frades agostinianos constroem ...


Devido ao seu mau estado de preservação, transcreveremos o artigo do oficial Cornista de Arafo Fari para Pestano, F.: Uma viagem pelo patrimônio arquitetônico e etnográfico da arquitetura de Arafo: seus interesses culturais e outras propostas de abertura n.

É difícil adivinhar os diferentes módulos construtivos que o compõem. Consiste em um edifício principal hacienda ou alquer de forma retangular na qual se distingue um recinto pequeno ou quadrado destinado à capela; a casa principal e depois outro espaço de maiores dimensões, destinado a estábulo e / ou adega. O edifício é delimitado pelos dois lados por um corredor aberto de estrutura linear e coberto por um vôo da mesma natureza e do qual quase não há vestígios, sustentados por colunas de madeira.

No norte, há indicações de outras construções menores, feitas de pedra seca, provavelmente goros, estábulos e cercados. Há também um grande lago quadrado no qual se destaca a presença de calos nas paredes, aparentemente da costa para encontrar penitências impostas pelos monges, e um pequeno tanquilla com terraço. No extremo norte do conjunto, três fornos são preservados para secar figos, embora haja evidências de que outros dois desapareceram alguns anos atrás.

A cerca de 50 metros e seguindo a estrada de Las Cuesta, na direção de Arafo, um antigo calvário foi localizado com três cruzamentos, já inexistentes, aos quais foram adicionados três novos, condicionando a base por um empilhamento ortogonal de blocos básicos .



Asentamiento Lo de Ramos

Arafo MUNICIPALIDADE

The Rib Zone

DIREÇÃO Ando pelas encostas s / n

COORDENADAS UTM

X 359.847,12

E 3.135.103,20



Asentamiento Lo de Ramos

DECRETO 237/2008 , de 9 de dezembro, declarando Interesse Cultural, classificado como Patrimônio Histórico, o local conhecido como 'Lo de Ramos ', localizado no município de Arafo, ilha de Tenerife.


Rodr guez Delgado, Otavio.: O assentamento agostiniano em Arafo. o alquer a e oratório de 'Lo de Ramos '. [blog.octaviordelgado.es]

Rodr guez Delgado, Octavio.: História religiosa de Arafo , Ilustre Câmara Municipal da Villa de Arafo, 1995

Fari a Pestano, F.: A História de Arafo , Prefeitura de Arafo. 2004

Fari a Pestano, F.: Um passeio pelo patrimônio arquitetônico e etnográfico de Arafo: seus ativos de interesse cultural e outras propostas de abertura .

VVAA: Patrimônio do centro histórico da cidade de Arafo , Projeto final de mestrado em reabilitação do patrimônio construído, CICOP, 2004.


Descripción Documento Descargar Documento
Situación
Emplazamiento
Croquis situación


4
   Valorar/Comentar
Valoración

4

Comentario En un lugar con una gran historia que debe ser conocida, y que hasta hace poco había pasado desapercibida para mí. Creo que todos debemos conocer nuestra historia y valorar lo que tenemos. Muchas veces desconocemos lo que tenemos en nuestro entorno, y no lo apreciamos. En un lugar que debe estar más cuidado, siendo un bien de interés cultura, creo que debería tener otro tratamiento que preserve su conservación ya que lo que queda es muy poco y en ruinas, pronto si no se pone remedio, apenas se adivinará lo que allí estuvo y cuando desaparezcan las placas que lo lo nombran, solo faltara que ya nadie se acuerde del lugar, ya que no quedará nada. El entorno debe contar con mayor protección, y todos debemos conservarlo, se ven los estragos del vandalismo, incluso en las obras recientes que se han hecho. Es una verdadera lástima.
Autor

Juan Delgado


No existe/n Bien/es Relacionado/s