Bienes Culturales en PRAIA:

PRAIA - Antecedentes Históricos


A cidade de Praia, localizada no sul da ilha de Santaigo e capital da república de Cabo Verde, foi fundada no ano de 1615, formando-se um assentamento no planalto (o Plateau) próximo à praia de Santa Maria porque oferecia boas condições aos navios.  Ao princípio foi utilizada como porto clandestino, para evitar ter que pagar impostos de aduana à antiga capital da ilha de Santiago na época, a cidade de Ribeira Grande. Mais Praia foi adquirindo a categoria de Vila de maneira progressiva na medida em que iam chegando mais população da antiga capital. A cidade de Praia passou a ser a capital da ilha de Santiago no ano de 1770.  
 

Praia foi a primeira cidade construída em África pelos portugueses, mas durante a administração portuguesa, só o planalto central (o Plateau) era considerado “cidade”. Actualmente a cidade tem uma área de 258 km2 e uma população de 151.436 habitantes de acordo con o Censo realizado no ano de 2015. No Plateau se concentram os serviços e os edifícios públicos que abrigam os órgãos de decisão política e económica, bem como monumentos mais relevantes.

Para os portugueses as ilhas de Cabo Verde eram de interesse estratégico. Desde o ano de 1517, a ilha de Santiago fazia parte da rota oficial portuguesa de transporte de escreavos desde a äfrica até a América (a escravidão foi abolida em 1876). Os ataques constantes de piratas: ingleses, neerlandeses e franceses obrigaram aos portugueses a transladar colonos agricultores do Alentejo ao arquipélago. O decaímento da agricultura, muito próspera entre os séculos XVII e XIX pelo algodão, obrigou aos caboverdianos a emigrarem primeiramente a Guinea-Bissau e depois a Angola, Moçambique, Brasil e principalmente Estados Unidos.